Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Réstias do Tempo BEYOND

Esconder quem somos sugere sempre contas por ajustar com o passado.

Réstias do Tempo BEYOND

Esconder quem somos sugere sempre contas por ajustar com o passado.

Cidade do Porto

Não conheço a Cidade do Porto. Mas sempre ouvi dizer maravilhas. De qualquer modo, este belo vídeo sobre a chamada Invicta mostra, de facto, uma terra fantástica.

VALE A PENA VER EM ÉCRÃ INTEIRO 

Aniceto Carvalho 

Porque também é saber

Clic e leia: - DEPOIMENTO - Marcello Caetano

Porque também é saber... Na verdade este livro é um manual de estudo. 

E do bom... Por muito que doa a quem doer

Sem saudosismos nem simpatias políticas. Dizia-se antigamente: "Pelo andar da carruagem logo se vê quem vai lá dentro". No DEPOIMENTO: "Pela honestidade e qualidade da escrita, fica bem claro quem era o professor Marcello Caetano". Nunca comparar o que não é comparável.  

Aniceto Carvalho

Um homem honesto

"É incrível o pânico que um homem honesto

pode causar numa multidão de hipócritas" 

Thomas Sowell

 Não sei se será o caso, não conheço o senhor Bolsonaro. É no Brasil, lá muito longe. Parece-me no entanto que, como o Trump, a Balsonaro também não gosta de jornalistas.

É o que se está a ver... (Como se os portugueses tivéssemos alguma coisa a ver com isso!!!)...

E o homem ainda nem sequer saiu do hospital. Valha-nos Deus! 

COITADINHO DE QUEM É ALEIJADINHO!

DITADURA MILITAR

Diz o homem, esse tal Bolsonaro, que eu não conheço de lado nenhum, que ainda por cima mora longe que se farta, no Brasil, que lá pelas terras de Vera Cruz nunca houve nenhuma ditadura militar. Diz ele, e não  foi o primeiro nem o único a quem o ouvi. De Facto; Em 1964 eu tinha 29 anos, lidei depois com brasileiros, em 1985 tinha 50. Deve ter-me passado ao lado. Não me lembro de qualquer alarme com essa tal tenebrosa ditadura militar brasileira.

NAO ME LEMBRO... SÓ ISSO... Mas isso de ditaduras, depende.

Aniceto Carvalho

Jennifer Lopez

A ESCOLA DE DANÇA DE MISS MITZE

Do filme “Vamos Dançar”, com o Richard Gere e a Jennifer Lopez.

Aconteceu-me mais ou menos o mesmo na esquina da 5ª. Avenida com a Broadway…  Só que em vez da Jennifer Lopez estavam lá meia dúzia de canhões do tempo da Guerra do Pacífico que os americanos tinham levado da fortaleza de Almeida.

JENNIFER LOPEZ

Esta mulher tem uma peculiaridade. (hoje aprendi esta: Peculiaridade).

É um mulherão seja qual for o ângulo. Pois consegue a extraordinária proeza de desviar o foco da sua imagem para o seu nível artístico.

Aniceto Carvalho

O Duelo

O DUELO

É um filmezinho interessante, parece-me que luso-brasileiro, com o Joaquim de Almeida.

Bastante jeitoso. Retrata como um achadiço polidor de esquinas chega aos pí­ncaros sem nunca fazer nada de nada na vida. Estão lá todos. Confirmem que vão gostar de ver.

Aniceto Carvalho

Niki Lauda/James Hunt

NIKI LAUDA/JAMES HUNT

Niki Lauda, um famoso corredor de automóveis austrí­aco dos anos 70, actualmente dono de uma empresa de aviação na Áustria, sustentava com o James Hunt, este, um corredor britânico, uma rivalidade feroz ao mesmo tempo uma amizade verdadeira.

Um dia o Niki Lauda teve um acidente grave, recuperou para as corridas mas ficou com a cara toda desfigurada. Ao contrário do Hunt que não era biqueiro e levava tudo o que apanhava pela frente, o Niki Lauda era homem de uma  mulher só, na altura com um casamento sólido.

No primeiro grande prémio em que Lauda participou depois do acidente, um jornalista teve a infeliz ideia de lhe perguntar: "Agora você não tem receio que a sua mulher o troque por outro?" O Lauda, desesperado,  respondeu: "E se você fosse para a raíz da puta que o pariu?". O Hunt que estava à porta da conferência de imprensa, esperou o jornalista no corredor, deixou-o numa lástima num cestinho: "E agora vai perguntar à tua mulher se ela gosta da tua cara." 

Estou a lembrar-me de um tal Bolsonaro lá do Brasil que, como o Trump, parece que também não gosta de jornalistas. É o que se está a ver... (Como se nós tivéssemos alguma coisa a ver com isso!!!)... e o homem ainda nem sequer saiu do hospital. DEPOIS QUEIXAM-SE. 

Aniceto Carvalho

Você sabia que...

VOCÊ SABIA QUE...

1) - Você sabia que a minha sogra e os meus pais recebiam uma pensão minha durante o tempo que eu estive na Guerra do Ultramar? Sabia que esta pensão, mais ou menos equivalente ao Abono de Família de então, era extensiva a todos os militares em comissão no Ultramar?

No meu caso, quase dez anos. Sabia disto? Claro que não, eu sei que você não sabia.

Sabia que lhe estou a falar de mim, apenas para lhe reforçar que isto é pura verdade?

E sabia que eu tive vizinhos com familiares próximos em grande necessidade, que embora toda a minha insistência nunca mexeram uma palha para usufruir desta regalia?

2) - Você sabia que o programa do Gabinete do Aeroporto de Lisboa para Rio Frio, criado em 1969, previa o início da sua exploração desse aeroporto para 1978?

3) - Você sabia que nos anos sessenta, estava definitivamente assente no país até ao mais alto ní­vel político e governamental que o ensino técnico profissional era a galinha dos ovos de oiro no futuro de Portugal, e que era uma estupides do tamanho do mundo considerar que o mesmo não dava as mesmas oportunidades do ensino liceal?

NOTE. Eu sabia: Tinha o  Curso Complementar do Liceu, sugeri a Escola Industrial ao meu filho... Este, com um curso técnico profissional aos 18 anos, acabou licenciado em direito.

Como se pode ver.

Sabia que a destruição do ensino profissional que se seguiu nos anos posteriores ao 25 de Abril foi um dos maiores crimes de lesa Pátria de todos os tempos praticados em Portugal?

Pronto. Por agora já ficou a saber mais umas coisitas que não sabia,  das quais muita gente que anda a por aí a vender banha da cobra nem faz a menor ideia.

Aniceto Carvalho

No mínimo estranho..

O que eu sei é que percorri este país PELO AR duramte sete anos, de 1954 a 1960, de Norte a Sul e de Este a Oeste e me parecer no mínimuo estranho que numa boa memória como a minha não me ter ficado registado na retina um único incêncio florestal.

Eu sou do tempo do ciclone de 1941... um ciclone como não há memória de outro em Portugal.

Lembro-me muito bem. Disso e muito mais: Aquecimentos globais, protecções da natureza, afins e similares, podem metê-las onde quiserem e empurá-las com  uma esfregona.

Aniceto Carvalho  

Mulheres mal resolvidas

MULHERES MAL RESOLVIDAS

Um dos truques de antigamente era uma menina casadoira dos arredores de um quartel meter-se debaixo de um militar para depois o levar a casar com ela.

Frequentemente doutrinadas pelas mães. Eu conheci casos.

O  comandante de uma dessas unidades achava o jogo viciado.

Estendeu a mão aberta em cima da secretária, entregou um lápis à queixosa, disse-lhe para ela lho espetar entre os dedos. Assim foi. Só que cada vez que a mulherzinha tentava acertar com o lápis entre os dedos do comandante, este fugia com a mão. A mãe queixosa lamentou-se:

- Se o senhor comandante foge com a mão, assim não sou capaz.

- Era o que a sua filha devia ter feito - respondeu o comandante.

Agora é moda. Queixosas aos magotes, de há  dezenas de anos, coitadinhas, à procura sabe-se lá de quê, que nem elas  já se lembram de como isso era.

É A MARCA DA VIDA,  NADA A FAZER... QUEM NÃO A VIVEU, VIVÊSSE

Aniceto Carvalho

Crazy

COITADINHOS DOS PEQUENINOS

Então é assim: Qualquer pindérico que anda por aí a pensar que é artista não publica nada na Net por causa da pirataria, etc. e tal... estes colossos de ní­vel mundial têm coisas destas e muito mais à disposição de quem queira ver, ouvir e tenha bom gosto.

Aniceto Carvalho

Pág. 1/3