Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Réstias do Tempo - Blogmaster

Esconder quem somos sugere sempre contas por ajustar com o passado.

Réstias do Tempo - Blogmaster

Esconder quem somos sugere sempre contas por ajustar com o passado.

RAÍZES ANTIGAS

RAÍZES ANTIGAS

Em geral gosto de filmes ingleses. Estive a ver um dos muito bons. Ou antes: Do nada que percebo do assunto, gosto da arte inglesa.

“É engraçado” – pensei eu: “Além da nossa gente estar a fazer um figurão lá para os lados da terra de sua Majestade Britânica, na verdade, embora pareça o contrário, nós, os portugueses, estaremos mais próximos das gentes anglo-saxónicas do que dos nossos vizinhos latinos”.

Senão veja-se: Se com os espanhóis nunca nos entendemos, e a paixão com os  gauleses nunca foi nada do outro mundo embora os afrancesados do Século XVIII… com os britânicos porém, fora o “Ultimato” e a ameaça de bloqueio ao porto da Beira em 1965, temos o “Tratado de Windsor”, o tratado mais antigo do mundo, relações económicas interessantes, enlaces régios, até alguma ajuda e simpatia natural.

Se calhar explica-se: Parece cientificamente provado que as Ilhas Britânicas foram povoadas por celtas do oeste peninsular ibérico, e não o contrário como durante muitos anos se tem pensado. Também acho.

Voltando ao princípio, uma coisa é certa: A obscena fraude de destruir uma juventude com o engodo de uma carreira artística como profissão, se alguma vez a tiveram, os britânicos já esqueceram isso há muito.   

Aniceto Carvalho