Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

RÉSTIAS DO TEMPO - BEYOND

Por mais que repetida, dure o tempo que durar, meio século ou milénios, a mentira é sempre repugnante, vesga, coxa e de perna curta.

RÉSTIAS DO TEMPO - BEYOND

Por mais que repetida, dure o tempo que durar, meio século ou milénios, a mentira é sempre repugnante, vesga, coxa e de perna curta.

O doutor Augusto morreu

O DOUTOR AUGUSTO MORREU

O doutor Augusto era do Pego, uma terra ali ao pé de Abrantes.
(Os habitantes lá da terra diziam que o Doutor Augustim era do Péguim... outros, diziam que o Doutor Augustim era do Peguim, sim senhor,  mas que quem tinha feito a festim era o povim).
O doutor Augusto era médico. Uma terraplanadora que por onde passava levava tudo a eito. No hospital, da auxiliar à medica mais graduada, o doutor Augusto não perdoava a nenhuma.
O doutor Pompílio tinha uma inveja visceral do doutor Augusto.
Um dia o doutor Augusto morreu.
O doutor Pompílio desceu as escadas de quatro em quatro, correu à casa mortuária, cortou o “sucesso" do doutor Augusto, guardou-o no bolso para futura análise, foi para casa.
À noite, como qualquer esposa dona de casa que se prese, a mulher do doutor Pompílio foi vasculhar nos bolsos do marido:
- Olha – disse ela muito surpreendida… – o doutor Augusto morreu...

(4)Reizinho (5).jpg

Aniceto Carvalho