Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Réstias do Tempo - BEYOND

Por mais que repetida, dure o tempo que durar, meio século ou milénios, a mentira é sempre repugnante, vesga, coxa e de perna curta.

Réstias do Tempo - BEYOND

Por mais que repetida, dure o tempo que durar, meio século ou milénios, a mentira é sempre repugnante, vesga, coxa e de perna curta.

OS MENINOS DE OIRO

(4)81anos1 (5).jpg

OS MENINOS DE OIRO
Ou como se destrói uma classe média.
“Meninos de Oiro” foi uma onda televisiva, do final do Século passado, que se referia aos filhos de empresários bem sucedidos na época.
Era uma onda pateta, sem pés nem cabeça. Dos que eu conhecia, e pessoalmente eu conhecia vários, nenhum deles valia o chão onde os pais punham os pés.
Ficou-me, no entanto, dúvida que me persegue: Se esses jovens, então nas proximidades dos trinta, nos anos oitenta, no rescaldo da abrilada, não estariam de facto certos. Quem é que em seu perfeito juízo estaria disposto a passar pelos sacrifícios que os pais tinham vivido para depois assistir à destruição de tanto trabalho e suor derramado?
Sim, eles tinham razão… E por isso é que a indústria portuguesa nunca mais se recompôs depois de ter recuado cem anos em apenas um: No Verão Quente de 1975.

Aniceto Carvalho